terça-feira, 27 de junho de 2017

JANOT DIZ QUE TEMER É LUDIBRIADOR

Temer ‘ludibriou os cidadãos brasileiros’, afirma Janot

Na denúncia que enviou ao Supremo Tribunal Federal nesta segunda-feira, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que o presidente Michel Temer “ludibriou os cidadãos brasileiros e, sobretudo, os eleitores, que escolheram a sua chapa para o cargo político”.
A frase foi dita pelo procurador-geral para justificar o pedido de que Temer pague uma indenização de R$ 10 milhões, por “danos morais coletivos”.
Janot afirmou que o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, que também foi denunciado, foi um “executor de práticas espúrias de Michel Temer” e ressalta que ele também “violou a dignidade do cargo que ocupou”. Janot que que o ex-deputado pague R$ 2 milhões.
Para o procurador-geral, não há dúvidas de o delito que teria sido cometido pelos dois “causou abalo moral à coletividade”. Janot considera ainda que os fatos “ajuda a comprometer a imagem da República Federativa do Brasil, do parlamento, da Presidência da República”.
“Os crimes praticados à sorrelfa, valendo-se de seus mandatos eletivos, possuem alto grau de reprovabilidade, causam comoção social, descrédito, além de serem capazes de produzir intranquilidade social e descrença da população, vítima mediata da prática criminosa de tal espécie”, diz o documento.
Além de oferecer a denúncia contra o presidente, Janot também solicitou a abertura de um novo inquérito contra Temer, para apurar suspostas irregularidades no setor portuário.

O GLOBO

Nenhum comentário: