sábado, 24 de junho de 2017

AÉCIO SOFRE MAIS UMA INVESTIGAÇÃO

A degola de Aécio

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, autorizou, na última quinta-feira, a abertura de uma nova investigação sobre o senador Aécio Neve (PSDB-MG), afastado por suposta prática de lavagem de dinheiro. O novo inquérito foi pedido pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com base na delação da JBS. A nova investigação vai apurar se Aécio tentou ocultar a origem de R$ 2 milhões que teria recebido do empresário Joesley Batista. Segundo a PGR, a quantia era propina para que o senador atuasse em favor da JBS. Se for condenado, o tucano perde o mandato e pode ser preso.

Um comentário:

Anônimo disse...

Não dá em nada. O senado protege ele, afinal tem muito pares seus. Todos sujos.