quarta-feira, 17 de maio de 2017

ENERGIA MAIS CARA ATÉ NOVEMBRO

Bandeira vermelha deve vigorar até novembro na conta de luz

O diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico, Luiz Eduardo Barata, descartou nesta quarta-feira, 17, que haja risco de racionamento, mas reconheceu que o consumidor deve permanecer pagando mais caro pela energia elétrica, devido ao acionamento de usinas térmicas.
“Não temos risco de desabastecimento, mas o de ficar com uma conta muito alta é grande”, alertou Barata.
A expectativa é que a cobrança extra em vigor atualmente pelo acionamento da bandeira vermelha sobre as contas de luz – que prevê a cobrança adicional de R$ 3,00 a cada 100 kwh consumidos – permaneça pelo menos até o fim do período seco. A partir de novembro, quando tem início o período úmido, pode haver uma melhora, contou Barata.

Nenhum comentário: