quarta-feira, 26 de abril de 2017

STF LIBERANDO GERAL

Fachin sofre revés e STF solta condenados por Moro

Em uma sessão em que o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), foi voto vencido por três vezes, a Segunda Turma da Corte decidiu revogar nesta terça-feira, 25, as prisões do pecuarista José Carlos Bumlai e do ex-tesoureiro do PP João Cláudio Genu, condenados em primeira instância na Operação Lava Jato pelo juiz Sérgio Moro. O terceiro revés para Fachin foi a decisão de dar seguimento à tramitação do habeas corpus do ex-ministro José Dirceu, que será analisado em uma nova sessão.
Os ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli, que votaram a favor das defesas nos três casos, utilizaram argumentos que indicam disposição em rever o que o próprio Gilmar já chamou, no início do ano, de “alongadas prisões” determinadas em Curitiba, em referência às decisões de Moro na Lava Jato.
Ao votar sobre os habeas corpus de Bumlai e de Genu, Gilmar afirmou que o grupo político ao qual eles eram ligados já não está no poder, o que dificultaria a continuidade de cometimento de crimes. Toffoli citou decisão recente da própria Corte que autorizou o início da execução de pena a partir de condenação em segunda instância – o que ainda não aconteceu nos casos em análise na sessão.
“Se nós não concedermos esta ordem de habeas corpus, teríamos de mudar o precedente do plenário e dizer que a sentença de primeiro grau já é autoexecutável. O que o plenário fixou foi que a execução só pode começar após a decisão de segundo grau, após a apelação”, disse Toffoli.

Com informações do Estadão Conteúdo

5 comentários:

Anônimo disse...

Quem manda no famigerado STF é Gilmar Mendes. O resto é só boneco de Olinda .

Anônimo disse...

Tem muita gente que não esta bem informado tenho pena, quem manda no STF, é as decisão do colegiado que já é tão soberano e o cumprimento da nossa constituição que é rasgada todo dia e derrespeitada todos os dias. Mais respeite nosso decano da corte Celso de Melo, e os demais daquela corte ambos merecem. Valeu KAKAKAKAK.

Anônimo disse...

Todos baixam a cabeça para o sr Gilmar Mendes que deita e rola. É só ver os noticiários. Cúmplice de Aécio Neves entre outros bandidos.

Anônimo disse...

Discordo porque no plenário é outra coisa, seus comentários não vão influenciar em nada nas decisão do plenário, ele sendo relator de vários processos nem todos acompanha seu voto e muitas vezes votão contra , independente de sua ideologia política ou de seus pensamentos. Dura lex e lex dura, isto quer dizer que a lei é dura mais é lei. KAKAKAKAKAKAKAK.

Anônimo disse...

veja bem tem dois grande ministros nesta corte Marco Aurélio e Rosa, pense nisto KAKAKAKAKAKAK.