terça-feira, 25 de abril de 2017

O PSB ABANDONARÁ O GOVERNO?

Menos um aliado?


Alan Marques/Folha Imagem
O PSB decidiu se posicionar contra as reformas da Previdência e trabalhista. Os deputados da sigla estão proibidos de apoiar os projetos e o partido caminha para se colocar na oposição a Temer, apesar de ter Fernando Filho (PSB-PE) como ministro de Minas e Energia.
Caso o partido se coloque mesmo como oposição, o que aconteceria com a entrega do cargo, a base do governo Temer na Câmara perderá 35 integrantes, passando de 411 para 376. Para aprovar uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) como a da reforma da Previdência são necessários ao menos 308 votos.

Nenhum comentário: