quarta-feira, 8 de março de 2017

CEARÁ-MIRIM: SAÚDE VAI PARAR

7 comentários:

Anônimo disse...

Bota esse povo pra trabalhar. Quem parar é pra cortar o ponto.

Anônimo disse...

Um contratado tá recebendo mais que um efetivo, na mesma função. Todos os efetivos perderam as gratificações de plantão que foi dada por Lei. Isso igualou os salários do nível médio com o nível superior. Absurdo.

Anônimo disse...

Tenham calma vocês da saúde que hoje começa o tormento do prefeito provisório, que com certeza pelas provas que são muitas e algumas assumida por ele na IMPRENSA como rádio e televisão, a sua queda é inevitável!, hoje será ouvida pela justiça, na ação sobre a eleição de 2016. São eles: Peixoto, Renato Martins e Renato Coutinho, Marconi Barreto e sua vice. Dizem que muita gente não dormiu de ontem pra hoje, imagino a quantidade de calmantes que foi consumido, tá só começando, outra ações virão pela frente! aguardem a Justiça ser feita, a justiça estar aí pra fazer justiça, e ninguém estar acima da lei, por mais que seja um bilionário que se diz um deus (deus )esse é pequeno mesmo. Tucaninho da nova geração.

Anônimo disse...

tucaninho burro,sabe nem escrever

Anônimo disse...

Parabéns tucaninho! todo mundo entendeu muito bem a sua mensagem, inclusive esse professor ALOPRADO, que com certeza estar vendo perder a boquinha com a saída do FUNHER.- TONHO ZECA.-

Anônimo disse...

Espero que essa boquinha acabe mesmo tucaninho e sua mensagem foi passada com clareza,só uma pessoa muito ignorante não compreende.

Anônimo disse...

Tem uma família, que quando for definido a queda do FUNHER, vai perder em salário mais 18.000,00 reais, dizem que esse povo tá mais preocupado com queda do FUNHER, DO QUE O PRÓPRIO FUNHER!. Será que é esse que chama o tucaninho de burro?, hummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm vai cair, para o bem de Ceará Mirim, Deus é perfeito.