sábado, 28 de janeiro de 2017

LÁ VEM MAIS BOMBA

Sérgio Cabral quer abrir o jogo em delação

AAmivflPreso desde novembro do ano passado e alvo de mais uma investigação relacionada à Operação Lava Jato, o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) quer fazer acordo de delação premiada.
A intenção de colaborar e negociar uma pena menor em eventual condenação foi repassada a aliados próximos.
No acordo de delação premiada, Cabral pode tentar negociar responder as ações penais em liberdade. Benefícios que poderiam também ser estendidos à sua mulher, Adriana Ancelmo, também presa na Operação Calicute. Em dezembro, Moro aceitou a denúncia contra o ex-governador, a mulher dele e mais cinco. Eles se tornaram réus na Lava Jato.

O Estadão

Nenhum comentário: